Header Ads

Assistência Social atende 8 mil em Santa Rita

Em Santa Rita estão ativos os sete Centros de Referência de Assistência Social (CRAS)

Santa Rita tem assistência social (Foto: MaisPB)
A Prefeitura de Santa Rita, através da Secretaria de Assistência Social, vem garantindo o bem-estar social por meio de programas, ações e projetos que oferecem apoio e estimulam o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. No município, está em funcionamento o Centro POP, que de segunda a sexta-feira presta atendimento a pessoas em situação de rua. “Aqui é minha casa. É o lugar onde eu encontro o apoio que preciso”, destacou o beneficiado Raimundo Figueira.

Em Santa Rita estão ativos os sete Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), localizados em Marcos Moura, Boa Vista, Masa, Jardim Planalto, Odilândia, Santa Cruz e Lerolândia. Estes locais oferecem serviços socioassistenciais e desenvolvem atividades com crianças, adultos e idosos.

Com usuários da terceira idade, o Centro de Convivência do Idoso (CCI) promove atividades físicas e também manuais, como crochê, pintura e artesanato. “Minha vida mudou depois que comecei a participar do CCI. O centro é muito importante para nós, idosos”, afirmou o aposentado João de Lima.

Ainda na cidade, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) continua realizando ações de prevenção e combate ao trabalho infantil. Já a Casa de Passagem, onde residem crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, também há serviços em funcionamento. O espaço conta com uma equipe técnica especializada para auxiliar os pequenos.

Outro serviço importante que funciona em Santa Rita é prestado pelo CREAS, que trabalha com medidas socioeducativas e abordagem social. E uma novidade na Secretaria de Assistência Social é o Criança Feliz, programa em parceria com o Governo Federal para promover o desenvolvimento integral de crianças na primeira infância, considerando sua família e contexto de vida.

Todos esses trabalhos desenvolvidos pela prefeitura têm o intuito de combater a desigualdade social e envolvem diferentes públicos, como crianças, adolescentes, adultos, idosos, deficientes, vítimas de violência e população em geral.

Do MaisPB
Publicada em 6 de agosto de 2018, às 15h06

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.