Header Ads

Sobe o número de mortos em terremoto na Indonésia

Balanço oficial aponta 387 mortos e 13 mil feridos. Milhares de deslocados precisam de água potável, alimentos e remédios

Motociclista passa nesta sexta-feira (10) em frente a imóveis destruídos após terremotos que atingiram Lombok, na Indonésia (Foto: Fauzy Chaniago/AP)
O balanço de mortos do terremoto na ilha de Lombok, na Indonésia, aumentou para 387, anunciaram autoridades locais neste sábado (11), acrescentando que milhares de deslocados ainda precisam de água potável, alimentos e remédios.

O terremoto, de magnitude 6,9, destruiu no domingo passado milhares de casas, mesquitas e empresas. Na última quinta, uma forte réplica de magnitude 5,9 provocou uma nova onda de pânico na população. Até esta sexta-feira (10) o número de mortos divulgado era de 321. Outras duas pessoas morreram no terremoto na vizinha ilha de Bali.

O número de pessoas obrigadas a fugirem de suas casas aumentou para 387 mil , acrescentou o porta-voz, que também fala em 13 mil feridos. A maioria dos deslocados dorme em barracas de campanha, ou sob toldos instalados perto de suas casas em ruínas, ou dos abrigos.

Seis dias depois do sismo, algumas pessoas ainda não haviam recebido ajuda, especialmente nas regiões montanhosas do norte.

"A principal dificuldade reside na distribuição de víveres. A maioria das estradas no norte de Lombok foi danificada pelo terremoto", explicou Sutopo Purwo Nugroho.

Do G1
Publicada em 11/08/18, às 12h56

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.