Header Ads

ARAÇAGI! Professor se diz perseguido pelo prefeito por denunciar caos administrativo

Arkimedes de Lima diz que não vai se calar e prefere continuar lutando pelo povo de Araçagi

Professor Arkimedes de Lima (Foto: Da Net)
O professor Arkimedes de Lima disse estar sendo perseguido e até foi processado pelo prefeito Murílio Nunes (PSB), só por que tem denunciado as irregularidades da atual gestão. No entender do educador, por exemplo, a partir do momento em que o gestor assumiu os destinos da Prefeitura de Araçagi,  implantou o caos administrativos na cidade.

Em matéria publicada no Portal Marcos Andrade (portalmarcosandrade.com.br), Arkimedes diz que o prefeito o proibiu de criticar a administração, mas como o educador continuou mostrando o "desmantelo" dentro da gestão municipal, está sofrendo sérias represálias.

Na última terça-feira (18), o professor Arkimedes de Lima teve que comparecer a Delegacia de Polícia para responder a queixa-crime impetrada pelo gestor. "O prefeito quer implantar uma Ditadura dentro do município. Isso é inaceitável e eu não vou me calar. Prefiro continuar lutando em favor do povo", garantiu o educador.

Dentre as denúncias formuladas pelo professor em relação a administração municipal constam, por exemplo, o fechamento do hospital de Araçagi, algo que para o educador nunca ocorreu na cidade. Segundo Arkimedes, a saúde pública no município vive momentos de caos total, a exemplo da falta de remédios e médicos nos PSFs. 

- Quando alguém procura uma unidade de saúde para ser atendido, é um verdadeiro 'Deus no acuda' - disse.

Contraditório - Fato a Fato se coloca a disposição da gestão municipal para a versão oficial acerca das acusações do professor.

Da Redação/Fato a Fato com Portal Marcos Andrade
Em 21.09.18, às 01h18

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.