Header Ads

Botafogo bate Vitória por 4 a 3 e se afasta da zona de rebaixamento

Em jogo movimentado, Alvinegro garantiu o triunfo em confronto direto na parte de baixo da tabela

Botafogo vence o vitória e se afasta da zona de rebaixamento (Foto: MAURICIA DA MATTA / EC VITORIA)
Um triunfo na base da garra e que trouxe alívio aos alvinegros. Em confronto direto na luta para se afastar da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Botafogo bateu o Vitória por 4 a 3, neste domingo, no Barradão, subiu para o 11º lugar e abriu cinco pontos do Z-4. Foi primeira vitória, fora do Rio de Janeiro, na competição.

Bastou a bola rolar para o desespero tomar conta da torcida alvinegra. Logo aos 50 segundos, Moisés foi driblado por Lucas Fernandes, que bateu sem chances para Saulo. O gol do Vitória, porém, não abalou o Botafogo, que foi à frente e criou boas jogadas. Aos 19 minutos, Kieza foi derrubado por Lucas Ribeiro na área, pênalti que o árbitro ignorou.

Quatro minutos depois, o camisa 9, enfim, desencantou. Após nove jogos, Kieza, ex-Vitória, recebeu passe de Jean e chutou rasteiro, no canto de Ronaldo — um belo presente para o atacante, que hoje comemora 32 anos e chegou ao seu sexto gol no Brasileiro (com nove, é o artilheiro do time em 2018).

Com o empate, o Botafogo seguiu no ataque. Aos 28, Luiz Fernando, cara a cara com Ronaldo, chutou em cima do goleiro. Melhor organizado, o time de Zé Ricardo dominou o Vitória e, aos 42, chegou à virada: Rodrigo Lindoso recebeu passe de Erik, invadiu a área e, de cavadinha, tocou na saída de Ronaldo, fazendo seu oitavo gol na temporada.

No segundo tempo, porém, o Botafogo voltou a cochilar nos primeiros minutos e, aos 5, Fabiano, de cabeça, aproveitou falha de Carli, após cruzamento de Wallyson, para empatar. Menos mal para os alvinegros que, aos 8, Léo Gomes foi tentar cortar cruzamento de Moisés e marcou contra.

Novamente em vantagem no placar, os alvinegros mantiveram a postura da primeira etapa, sem se acomodar na defesa. Foram recompensados. Erik, aos 18, fez 4 a 2 após cruzamento de Gustavo Bochecha, e, embora Maurício tenha diminuído para o Vitória, aos 43, garantiu a heroica vitória do Botafogo.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 3 x 4 BOTAFOGO

VITÓRIA - Ronaldo; Cedric, Ramon, Lucas Ribeiro e Fabiano; Marcelo Meli (Wallyson), Léo Gomes e Yago; Neilton (Maurício Cordeiro), Lucas Fernandes e Léo Ceará (André Lima). Técnico: Paulo César Carpegiani.

BOTAFOGO - Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Jean e Gustavo Bochecha (Matheus Fernandes); Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão), Erik e Kieza (Brenner). Técnico: Zé Ricardo.

GOLS - Lucas Fernandes, aos 40 segundos, Kieza, aos 23, e Rodrigo Lindoso, aos 43 minutos do primeiro tempo; Fabiano, aos 5, Léo Gomes (contra), aos 8, Erik, aos 18, e Maurício Cordeiro, aos 42 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Maurício Cordeiro (Vitória); Erik, Marcinho, Joel Carli e Igor Rabello (Botafogo).

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

RENDA - R$ 76.697,00.

PÚBLICO - 9.481 pagantes (9.994 no total).

LOCAL - Estádio do Barradão, em Salvador (BA).

De O Dia 
Em 23.09.18, às 21h43

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.