Header Ads

Com ordens da Mercedes, Bottas deixa Hamilton passar para vencer na Rússia

Em uma corrida discreta, Kimi Raikkonen foi o quarto colocado

Hamilton e Bottas (Foto: Wscom)
Logo após ao treino classificatório para o GP da Rússia, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, falou que seria difícil aplicar ordens de equipe após a indiscutível pole de Valtteri Bottas. Mas isso não impediu que a equipe alemã invertesse as posições da dupla para que Lewis Hamilton vencesse a corrida no Circuito de Sochi, na manhã deste domingo (30), liderando a dobradinha da escuderia germânica. Com o resultado, o tetracampeão chega à 70ª vitória da carreira, a oitava de 2018.

Sebastian Vettel bem que tentou reverter a situação desfavorável e chegou a ganhar a posição de Hamilton durante as paradas de boxes. Mas o britânico partiu para o ataque e superou o alemão, que completou o pódio em terceiro. Com o resultado, o piloto da Ferrari viu o rival se isolar ainda mais na liderança, com 50 pontos de vantagem, faltando cinco corridas para o fim da temporada.

Em uma corrida discreta, Kimi Raikkonen foi o quarto colocado. Com direito a show no dia do aniversário, Max Verstappen partiu do 19º lugar para terminar em quinto. Daniel Ricciardo, que largou em 18º, foi o sexto. Charles Leclerc mostrou mais uma vez por que está indo para Ferrari em 2019 e, com o limitado carro da Sauber, terminou em sétimo. Em mais uma prova consistente, Magnussen conquistou o oitavo lugar para Haas. A dupla da Force India, com Ocon e Pérez, respectivamente, completou o top 10.

Do GE
Em 30.09.18, às 15h09

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.