Header Ads

Lucélio diz que Paraíba está ‘estarrecida’ após invasão ao PB1

Ele criticou o Governo do Estado e disse que a segurança está em ‘colapso’ no Estado

Lucélio Cartaxo (Foto: Wscom)
Em nota, o candidato do PV ao Governo do Estado, Lucélio Cartaxo, afirmou que a Paraíba está ‘estarrecida’ com a violência após ataque de criminosos ao PB1.

Ele criticou o Governo do Estado e disse que a segurança está em ‘colapso’ no Estado.

‘NOTA

Uma Paraíba estarrecida. Hoje a nossa população acordou aterrorizada. A ação dos bandidos no PB1, um presídio de segurança máxima, ocorrida na madrugada desta segunda-feira (10), resultou na maior fuga de detentos da história. Este fato não nos permite o silêncio. Um verdadeiro atentado contra a soberania do povo paraibano, exposto à falta de decisão e atitude do governo. Muitas faltas, aliás: de planejamento, aumento do efetivo, ações de inteligência, revisão do sistema prisional, inclusive ausência de diálogo com policiais e agentes penitenciários do PB1. Estes que foram verdadeiros heróis, enfrentando fogo pesado, durante cerca de 40 minutos – somente contra a torre de vigilância da unidade penitenciária foram mais de 300 disparos. Apesar da tentativa de resistência, mais de 100 presos escaparam.

A Segurança Pública parece ter entrado em colapso. A atual política do governo para o setor, infelizmente, fracassou. Não adianta tentar brigar com a realidade. Ela está diante de nós, na explosão de caixas eletrônicos, assaltos, assassinatos até de agentes públicos de segurança, guerra entre facções criminosas. As famílias paraibanas estão vivendo no estado do medo. Temos um governo despreparado para enfrentar um problema tão grave, que ameaça vidas. E já são tantas perdidas, erros irreparáveis. Ninguém pode se omitir frente a uma situação como esta. Enquanto a atual gestão estadual continuar insistindo em apresentar números, em lugar de trabalho eficiente, não será possível recuperar a tranquilidade de paraibanos e paraibanas.

São urgentes investimentos corretos, gerados por políticas públicas responsáveis. Esperamos que medidas reparativas, que, lamentavelmente, apenas reduzem danos, tenham sido tomadas. Só não podemos mais esperar que se dê um novo rumo à gestão do estado. A Paraíba não pode ser submetida a esta ameaça que se tornou permanente e que já se mostra fora de controle. Não é admissível que a Paraíba se renda à bandidagem. O momento é de união, diálogo e, sobretudo, construção de um novo modelo de gestão que traga resultados efetivos, para o dia a dia das pessoas, e garantam, além de um vida melhor para todos, o direito mais básico, à própria vida.

Lucélio Cartaxo, candidato ao Governo do Estado da Paraíba pelo PV’

Da Redação do Wscom
Em 10.09.18, às 16h30

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.