Header Ads

Lucélio garante diálogo com Construção Civil para gerar mais empregos na PB

O candidato do PV destacou também a importância de uma gestão pública que tenha diálogo e sintonia com demais lideranças políticas

Lucélio Cartaxo (Foto: Tá Na Área)
Na tarde desta terça-feira (25), o candidato ao Governo do Estado pela coligação Força da Esperança, Lucélio Cartaxo, dialogou com diretores do Sindicato da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP). Lucélio defendeu a desburocratização da gestão pública e disse que vai criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento da construção civil, com foco na geração de empregos para os trabalhadores paraibanos.

“Iremos criar o Programa Investe Paraíba, para agilizar os processos e desburocratizar a gestão pública. Governo existe para ser um facilitador, indutor da geração de emprego. Ele precisa trabalhar em parceria com a iniciativa privada, dar as condições para que as oportunidades possam ser geradas, tornando a Paraíba um Estado favorável aos negócios”, disse.

O candidato do PV destacou também a importância de uma gestão pública que tenha diálogo e sintonia com demais lideranças políticas. “O atual governador não consegue sentar com a bancada federal para encontrar soluções e investimentos em ações que levem desenvolvimento para o Estado. A partir de janeiro, não iremos enxergar os deputados como de situação ou oposição, mas sim como parceiros que têm um objetivo comum: promover mais oportunidades à população”, disse.

No encontro, Lucélio disse que sua gestão vai criar ambientes favoráveis para o desenvolvimento da construção civil e disse que irá recuperar a força da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), hoje deixada de lado pela gestão estadual.

“Infelizmente a Cehap está em decadência. A companhia já foi um órgão com grande importância para o Estado, pois fortalecia nossa política de habitação popular, mas foi esquecida. Quem sustenta a política habitacional na Paraíba são as cidades de João Pessoa e Campina Grande, que criam unidades de excelente qualidade. A Cehap, quando constrói, constrói em condições muito aquém do que a população precisa. Precisamos analisar os problemas da Cehap e promover soluções para que ela volte a ter a força que a Paraíba merece e necessita”, disse.

Do Tá Na Área
Em 25.09.18, às 22h48

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.