Header Ads

Michelle Ramalho registra chapa para eleições à presidência da FPF

Ao lado de alguns apoiadores, a advogada de 40 anos, que tem fortes ligações com o Treze Futebol Clube protocolou o registro

Michelle Ramalho (Foto: Da Net)
No apagar das luzes do prazo para o registro de candidatura para as eleições da Federação Paraibana de Futebol (FPF), a auditora do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Michelle Ramalho, inscreveu a sua chapa para a presidência da entidade. Ao lado de alguns apoiadores, a magistrada protocolou nesta quarta-feira o registro e agora aguarda a análise da Comissão Eleitoral, que tem até o dia 27 de setembro para dar um parecer final sobre as candidaturas.

Ao lado de alguns apoiadores, a advogada de 40 anos, que tem fortes ligações com o Treze Futebol Clube protocolou o registro com o apoio de nove clubes profissionais, uma a mais do que o necessário, e oito agremiações amadoras.

Agora, assim como o também advogado Eduardo Araújo, que registrou chapa na semana passada, Michele aguarda análise da Comissão Eleitoral, que tem até o dia 27 de setembro para dar um parecer final sobre as candidaturas.

Dois clubes profissionais e um amador que já havuam assinado a inscrição da chapa do advogado Eduardo Araújo anteriormante também assinaram a chapa de Michelle, enquanto que duas agremiações profissionais que sobscreveram a chapa da auditora, a Desportiva Guarabira e o Miramar de Cabedelo, não constam até o momento como apta para ter direito a voto nas eleições marcadas para o dia 29 de setembro. Os clubes que assinaram os dois registros podem perder seus direitos de votar nas eleições, conforme versa o estatuto da FPF.

A candidatura de Michelle teve a subscrição de nove clubes profissionais, um a mais do que o necessário. Assinaram o registro os representantes legais de Santos-PB, Treze, CSP, Miramar, Serrano-PB, Internacional-PB, Desportiva Guarabira, além de Nacional de Patos e Femar, que também subscreveram a candidatura de Eduardo Araújo na semana passada.

Já em relação aos amadores, Marretinha, Diamante, Kashima, Ponte Preta, Treze de Maio, Íbis, Boa Vista, Fluminense, assinaram o registro da auditora, totalizando 8 assinaturas, o número mínimo para legitimar a chapa. O Boa Vista assinou o protocolo de registro das chapas de Eduardo e de Michelle. Também assinaram o documento da candidatura da dirigente as ligas de futebol de Bayeux, Cajazeiras, Santa Rita, Poço de José de Moura e Cabedelo. Nenhuma, até agora, é considerada pela FPF como apta a votar nas eleições.

A chapa, intitulada “Unidos Somos Fortes”, tem ainda como vice-presidentes Nosman Barreiro Filho - filho de Nosman Barreiro, vice-presidente eleito da FPF -, Marcílio Braz, atual presidente do Conselho Fiscal da entidade, e Thalita Gomes, ex-funcionária da FPF e neta da ex-presidenta Rosilene Gomes.

Michelle Ramalho tem 40 anos, é formada em Direito e atualmente é Conselheira da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB). Ela faz parte da Comissão Nacional de Direito Esportivo da OAB nacional e atua como auditora do STJD, integrando a 1ª Comissão Disciplinar do órgão.

Do PB Agora com globoesportes.com
Em 21.09.18, às 12h47

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.