Header Ads

Grêmio perde em casa e River Plate vai à final da Copa Libertadores

Time argentino fez gol da classificação aos 49 minutos do segundo tempo depois de marcação polêmica do árbitro de vídeo, na Arena, em Porto Alegre

Grêmio chegou a estar vencendo River Plate, mas se perdeu nos minutos finais (Foto: Ricardo Moraes/Reuters)
Atual campeão, o Grêmio caiu nesta terça-feira (30), na semifinal da Copa Libertadores. O time chegou a estar vencendo a partida, mas perdeu de virada para o River Plate por 2 a 1, na Arena, em Porto Alegre. O gol da classificação argentina saiu só aos 49 minutos, de pênalti, após marcação do VAR (assistente de árbitro de vídeo, na sigla em inglês).

O time do técnico Marcelo Gallardo agora espera o vencedor do duelo entre Palmeiras e Boca Juniors. As duas equipes se enfrentam nesta quarta, no Allianz Parque — os argentinos têm a vantagem de terem vencido a primeira partida por 2 a 0.

A situação do Grêmio só parecia fácil. O time não se deixou levar pela aparente tranquilidade já que havia vencido por 1 a 0 no Monumental de Núñez, em Buenos Aires. Sempre muito perigoso mesmo fora de casa, o River brigou literalmente até o final. A coisa bem que parecia controlada para o Grêmio a partir dos 35 minutos do primeiro tempo, quando Leonardo abriu o placar.

Preocupado com as investidas dos atacantes Lucas Pratto e Borré, Gaúcho ainda que jogou o time para frente e tratou de promover a entrada do artilheiro Everton. O jovem saiu cara a cara com o goleiro Armani, mas perdeu o gol que acabou fazendo falta. Pouco tempo depois, aos 36 minutos do segundo tempo, Borré marcou de cabeça.

Os argentinos tanto insistiram que conseguiram um pênalti aos 41 minutos. Não sem uma dose extra de polêmica. O árbitro Andres Cunha entendeu que Bressan colocou a mão na bola depois de chute a queima-roupa de Scocco. O jogador foi expulso já que havia recebido o primeiro cartão amarelo logo que entrou em campo na metade da etapa complementar. Na cobrança, depois de oito minutos de indefinição, Gonzalo Martínez marcou o gol da classificação para a improvável festa argentina em Porto Alegre.

A Conmebol ainda não oficializou, mas as finais devem acontecer em 7 e 28 de novembro. 

Do R7
Em 31.10.18, às 01h04

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.