Header Ads

Com trapalhadas da defesa, Fluminense perde para o Bahia em Salvador

Equipe carioca segue ameaçada pelo rebaixamento para a Série B

Flu perde para o Bahia (Foto: Da Net)
A torcida do Fluminense segue apreensiva. Com a derrota por 2 a 0 para o Bahia, na Fonte Nova, o time não só completou seis jogos seguidos sem vencer e sem fazer gols (já são 9 horas e 27 minutos) no Campeonato Brasileiro como segue ameaçado de rebaixamento — em 13º lugar, está a quatro pontos do Z-4. Em crise, precisa voltar a balançar a rede urgentemente, de preferência domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio.

De volta ao esquema 3-5-2, mas sem os titulares Júlio César, Richard e Airton, o técnico Marcelo Oliveira escalou Fernando Neto no meio e contou com o reforço de Jadson para o Fluminense tentar ampliar o jejum de nove jogos sem derrotas para o Bahia — a última fora no Brasileiro de 2011. Em vão. Apático, foi amplamente dominado pelo Bahia.

Também ameaçados de rebaixamento, os donos da casa só levaram perigo aos 11 minutos, quando Rodolfo fez milagres em cabeçada de Edigar Junio e chute à queima roupa de Ramires no rebote. No mais, muita transpiração e nenhuma inspiração por parte das duas equipes em um primeiro tempo muito fraco tecnicamente.

Após o intervalo, o Fluminense seguiu acuado diante de um Bahia mais ofensivo. E que contou com erros grosseiros da defesa adversária para fazer 2 a 0 em apenas três minutos. Aos sete, Gum tocou errado, Rodolfo falhou na saída de gol e Zé Rafael mandou a bola para a rede. Aos 10, Paulo Ricardo recuou mal para Rodolfo, que perdeu a dividida para Edigar Junio marcar.

Atônito, o Fluminense passou a jogar para tentar evitar um vexame maior em Salvador. Inofensivo no ataque, conseguiu, ao menos, não sofrer mais gols, o que não ameniza a fúria da torcida, que teme por mais um rebaixamento no Brasileiro.

De O Dia
Em 23.11.18, às 00h36

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.