Header Ads

Crianças feitas reféns pelo pai são libertadas de cárcere

Resgate das vítimas aconteceu após uma equipe do  Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) invadir à casa

Homem foi levado por policiais (Foto: Da Net)
As duas crianças feitas reféns pelo pai em Queimadas, Agreste paraibano, foram libertadas na manhã desta quarta-feira (2) e ficarão sob cuidado de familiares. O homem foi detido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o resgate das vítimas aconteceu após uma equipe do  Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) invadir à casa. O pai manteve contato com os bombeiros das 5h até por volta das 5h40. Depois disso, houve silêncio.

Por precaução, o Gate resolveu agir e, ao entrar na casa, encontrou o suspeito em preparação para suicídio por enforcamento. Uma arma incapacitante foi usada para conter a ação. Ele foi levado para um hospital da cidade, para que fosse feita a retirada dos dardos que o imobilizaram. Além da avaliação física, ele deve passar por testes psicológicos.

As crianças não se feriram, mas mesmo assim foram levadas a uma unidade de saúde para procedimentos clínicos. Conforme o Corpo de Bombeiros, elas aparentavam estar tranquilas. O Conselho Tutelar está dando assistência ao caso.

Reféns comeram apenas biscoito
Durante as horas em que permaneceram em cárcere privado, as crianças comeram apenas biscoitos. Segundo o Corpo de Bombeiros, o pai “se manteve orgulhoso” e não aceitou outros alimentos oferecidos pela equipe de negociação, como hambúrguer e refrigerante.

A postura do homem também fez com que a equipe reforçasse a cautela na negociação. Segundo o Corpo de Bombeiros, o pai das crianças estaria armado com uma faca e por diversas vezes teria ameaçado ferir a elas e a si próprio.

Na noite dessa terça-feira (1º), ele informou que libertaria as crianças ao amanhecer. A espera da equipe de resgate para entrar na residência teria sido como oferta de um “vínculo de segurança” ao suspeito.

Suposto problema psicológico
A  Polícia Militar apurou que as crianças teriam sido abandonadas pela mãe há um tempo e deixadas com o pai, que tomava remédio controlado, mas após o natal deixou de fazer uso dos medicamentos.

Do Portal Correio
Em 2.1.19, às 00h23

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.