Header Ads

João avalia CPI da Cruz Vermelha como inócua: “Querem holofote”

O governador também criticou a criação de uma caravana da Oposição para percorrer o interior do estado

Governador João Azevêdo (Foto: Secom-PB)
O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), considera que a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a suspeita de desvio de recursos pela Cruz Vermelha é ‘inócua’. Nesta sexta-feira (08), o gestor afirmou que a oposição chegou atrasada para tratar do tema. João também admitiu que deve convocar deputados para sua equipe de auxiliares.

Sobre a CPI, Azevêdo acredita que, mesmo a iniciativa sendo legítima, a oposição quer ‘holofote’. “Uma CPI para entregar ao Ministério Público um relatório sobre aquilo que o Ministério Público já está fazendo, eu acho estranho. O que se pretende, na verdade, é holofote”, alfinetou.

Com a volta dos trabalhos da Assembleia Legislativa prevista para a metade do mês de fevereiro, João irá tratar sobre a convocação de deputados para compor sua equipe no Governo, sendo Hervázio Bezerra (PSB) apontado como um dos que podem se licenciar  da Casa.

“É possível que ocorra isso, mas não há nada definido, estamos em uma fase inicial, no primeiro mês do Governo”, avalia. Além disse, sobre a possibilidade de receber Manoel Ludgério em sua bancada, Azevêdo ressaltou que o parlamentar seria bem-vindo.

Caravana da Oposição

O governador criticou a criação de uma caravana da Oposição para percorrer o interior do estado, proposta pelo deputado Eduardo Carneiro (PRTB), que sugere uma avaliação das obras do Governo que estariam inacabadas. “Que bom, ele vai ter a oportunidade de conhecer o parque de obras do estado e talvez ele conheça o que ainda não conhece até hoje, que é a Paraíba”.

Do MaisPB
Em 8.2.19, às 15h23

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.