Header Ads

Jogador é suspenso por 180 dias após tapa em pescoço de árbitro

Otávio, do Esporte de Patos, cometeu a agressão contra o árbitro Fábio Augusto Santos Sá Junior na partida entre o Patinho e o Botafogo-PB, no dia 20 de janeiro

Superior Tribunal de Justiça Desportiva (Foto: Daniela Lameira/STJD)
O meia Otávio, do Esporte de Patos, foi suspenso por 180 dias após ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na sexta-feira (15) sob acusação de ter dado um tapa no pescoço do árbitro Fábio Augusto Santos Sá Junior.

O julgamento ocorreu no STJD porque o órgão promove uma intervenção no Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB) já que o próprio TJD-PB alegou inviabilidade de funcionamento por questões financeiras.

Conforme o processo, a agressão promovida pelo meia aconteceu no intervalo do jogo entre o Patinho e o Botafogo-PB, no dia 20 de janeiro, pela segunda rodada do Campeonato Paraibano, onde o Esporte perdeu por 1×0.

No mesmo julgamento do meia, em caso que ocorreu na mesma partida, o STJPB aplicou suspensão de cinco jogos ao preparador de goleiros do Esporte, Alexandre Laguzze, por ofensas contra o árbitro.

Demais punições
Ainda na sexta, o STJD puniu diversos clubes por infrações menores, especialmente de atraso na entrada de campo. Dos participantes do Estadual, apenas Botafogo-PB e Campinense seguem sem nenhuma punição pelo STJD. Confira abaixo motivos e valores das punições impostas pelo STJD.

Serrano x Atlético – o Serrano foi multado em R$ 200 por atrasar o início do jogo em dois minutos. O Atlético foi multado por atraso de jogo em um minuto, totalizando pena de R$ 100;

Botafogo-PB x Perilima – a Perilima foi multada em R$ 400 por atrasar o início da partida em quatro minutos;

Nacional x CSP – o Naça foi multado em R$ 1 mil por ser mandante do jogo e não ter médico na partida, conforme prevê o regulamento. Já o CSP foi multado em R$ 500, como visitante, também por não ter médico no jogo;

Treze x Esporte de Patos – o Treze foi multado em R$ 300 por atrasar o início do jogo em três minutos e mais R$ 100 por retardar em um minuto o retorno a campo após o intervalo. Já o Esporte foi multado em R$ 300 por atrasar três minutos para o início da partida;

CSP x Serrano – o Serrano foi multado em R$ 200 por atrasar o início do jogo em dois minutos;

Atlético x Treze – o Atlético foi multado em R$ 600 por atrasar o início da partida e por arremesso de uma garrafa de água em campo, promovido pela torcida do Trovão Azul. O Treze foi multado em R$ 400 por não respeitar o horário previsto para início do jogo;

Desportiva x Sousa – a Perilima foi multada em R$ 100 por atrasar o início da partida em um minuto. O Sousa também foi multado em R$ 400, por atrasar o jogo em quatro minutos;

Esporte x Botafogo-PB – o Patinho foi multado em R$ 100 por atrasar o início da partida.

Do Portal Correio
Em 18.02.19, às 16h12

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.