Header Ads

PT Estadual deve fazer intervenção em Cabedelo após judicialização de apoio

Macedo ressaltou que não aceita a judicialização do apoio da legenda nas eleições de Cabedelo

Jackson Macedo, presidente estadual do PT (Foto: Wscom)
O presidente estadual do PT, Jackson Macedo, revelou nesta quarta-feira (6) que o partido irá abrir um processo de intervenção no diretória de Cabedelo do partido. Se aprovada, a intervenção deve contar com uma comissão provisória para gerir o partido no município.

“A direção estadual tomou a decisão política, nossa candidatura é a de Marcos do Psol, está decidido por unanimidade. A questão jurídica está sendo tratada pela assessoria jurídica do PT. Já estamos em campanha com Marcos Patricio, não adianta intervenção jurídica, o PT é partido político”, declarou.

Macedo ressaltou que não aceita a judicialização do apoio da legenda nas eleições de Cabedelo. Enquanto o diretório municipal mantém o apoio ao vereador Eudes (PTB), amparado por decisão judicial, a direção estadual faz campanha para Marcos Patrício (PSOL).

“É um processo muito doloroso… não queríamos fazer isso, esse processo de intervenção vai começar, até mesmo depois da eleição de Cabedelo, é um processo que dura de 30 a 60 dias, eles vão ter direito a se defender e vamos discutir e nomear uma comissão interventora se a intervenção for aprovada”, disse.

Do Wscom
Em 7.2.19, às 10h45

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.