Header Ads

Três das maiores cidades da PB tiveram aumento de homicídios; Veja gráfico

Dados fazem parte de uma versão do Anuário da Segurança que não foi divulgada pela Secretaria de Comunicação do Governo da Paraíba

Anuário mostra aumento de homicídios na PB (Foto: Divulgação)
Sousa, no Sertão do estado, a 442 quilômetros de João Pessoa, Santa Rita e Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa, tiveram aumento no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte.

Os dados fazem parte de uma versão do Anuário da Segurança que não foi divulgada pela Secretaria de Comunicação do Governo da Paraíba, mas que o Portal Correio teve acesso com exclusividade.

Diferente da “versão simplificada” com apenas 30 páginas, divulgada na quinta-feira (31), e que traz apenas números positivos da gestão, o documento a que o Portal Correio teve acesso tem 132 páginas e traz uma quantidade bem maior de dados sobre a segurança no estado.

Aumento em Santa Rita

Conforme os dados desse documento mais amplo, entre 2017 e 2018, o número de CVLIs em Santa Rita saltou de 102 para 107, um aumento de 4,90%. Em Sousa, o salto foi de 20 para 26, um aumento de 30%, e no Conde de 17 para 24, aumento de 41,18%.

Já o Anuário divulgado pela Comunicação do Governo do Estado relata apenas a diminuição de CVLIs em algumas das maiores cidades da Paraíba entre 2010 e 2018.

Segundo esse documento resumido, João Pessoa teve uma redução de 57% no número de CVLIs (580 contra 247); Campina Grande teve uma redução de 52% (199 contra 95); Patos (60 contra 25). No estado, a queda foi de 23% entre 2010 e 2018 (1563 contra 1210).

Na manhã desta segunda-feira (4), a Secretaria de Segurança da Paraíba disse ao Portal Correio, por telefone, que a versão ampliada do Anuário de Segurança vai ser disponibilizada no site do programa Paraíba Unida Pela Paz. O endereço está fora do ar desde que o portal do Governo do Estado enfrentou problemas técnicos e passa por manutenção.

“Essas informações sobre homicídios são disponibilizadas por cada cidade da Paraíba desde 2011, não só as que estão no anuário, como também as que não estão”, explicou a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança do Estado, afirmando que a consulta é aberta.

Do Portal Correio
Em 4.2.19, às 22h14

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.