Header Ads

Vereador zenobista denuncia falta de legista no IML de Guarabira

De acordo com a fala do vereador, Guarabira e outras cidades que dependem dos serviços do IML estão prejudicadas

Leonardo Macena quer que o Governo do Estado resolva o problema da falta de legista no IML de Guarabira (Foto: Fato@Fato)
Em Guarabira, a falta de médico permanente no Instituto Médico Legal (IML) vem causando um transtorno imenso na cidade e região. O órgão encontra-se sem legista fixado desde a exoneração do médico-legista Aluísio Paredes.

Na tarde desta quinta-feira (7), o vereador Leonardo Macena dos Santos (PPS) discutiu o assunto com o público presente na sessão ordinária da Câmara de Vereadores da cidade. “Eu fico indignado com isso. É Guarabira quem perde.”, disse o parlamentar.

De acordo com a fala do vereador, Guarabira e outras cidades que dependem dos serviços do IML estão prejudicadas com essa situação dependendo de escala com médicos de outras localidades. “Tem que ficar nessa situação dependendo dos serviços de João Pessoa ou Campina Grande”, lamentou.

Finalizando, o parlamentar comentou também que o governado da Paraíba jamais atendeu aos pedidos. “Esse assunto do IML é um grande problema”, finalizou.

Resposta do Governo - O radialista Célio Alves, secretário executivo do Orçamento Democrático Estadual, disse, durante entrevista ao Jornal da Cultura (Rádio Cultura FM), que vai levar o assunto ao secretário de Segurança Pública para que seja dada uma solução ao problema.

Da Assessoria com Fato a Fato
Em 8.2.19, às 10h31

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.