Header Ads

Deputado Raniery não se surpreende com prisão de Temer: “Cumpre o seu calvário”

"Michel Temer deixou de ser referência no MDB há muito tempo", disse o parlamentar emedebista

Raniery Paulino comenta prisão de Temer (Foto: Wscom)
Único deputado do MDB na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Raniery Paulino afirmou não ter se surpreendido com a prisão do ex-presidente Michel Temer, seu colega de partido. Segundo Raniery, “Temer deixou de ser referência no MDB há muito tempo em termos probidade, correção. Precisamos construir novas referências”.

Ele salientou que o ex-presidente ‘cumpre seu calvário’ e citou que o MDB participou, junto com o PT, de coisas boas, mas também de maus feitos na administração pública do país na parceria que perdurou até o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016.

“Está cumprindo seu calvário sem dúvida alguma; esse episodio não me surpreende. PT e MDB foram sócios de muitas coisas boas nesse país, mas também de muitos maus feitos. Eu esperava muito de Michel Temer, que tecnicamente não teve um governo ruim, mas estava mal acompanhado. Pegou o pior que tinha na política brasileira e dentro no MDB para assessorá-lo. A gente desejava e esperava que a ética falasse mais alto”, desabafou.

Imagem do MDB

O deputado ainda apontou que irá propor à Executiva Nacional do MDB que não aceite políticos ‘ficha suja’, em uma tentativa de mudar a imagem do partido, que segundo ele está desgastada.

“Sou da Fundação Ulysses Guimarães, estava lá na última semana para discutir a melhoria  de imagem do MDB. Tenho proposta e vou apresentar na comissão nacional para que fichas sujas não participem na executiva nacional”, revelou.

Do Wscom
Em 21.03.19, às 15h10

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.