Header Ads

Cartaxo critica gestão Azevêdo e diz que Bolsonaro não cumpre promessas

Sobre Jair Bolsonaro, Luciano Cartaxo alegou que a gestão do presidente da República ainda não disse para que veio

Luciano Cartaxo, durante solenidade da PMJP (Foto: MaisPB)
O prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PV) avaliou, nesta quarta-feira (20), os 100 primeiros dias do governo João Azevêdo e o do presidente da República, Jair Bolsoaro. Ele concentrou as críticas em problemas relacionados a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e sustentou que a estatal precisa oferecer melhor atendimento a João Pessoa e aos demais municípios paraibanos. A declaração ocorreu durante solenidade de lançamento do edital do Programa Bolsa Universitária 2019.

Ao reclamar da falta de água anunciado para 23 bairros de João Pessoa, Bayeux e Santa Rita, Cartaxo afirmou que a Cagepa realiza um ‘racionamento branco’ devido à constante falta de água em bairros da Capital paraibana.

“Esse racionamento disfarçado da Cagepa em relação a cidade de João Pessoa precisa acabar. A Cagepa simplesmente evita que boa parcela de população tenha sequer o bem essencial a sua vida, que é a água. O governo deve investir em um setor fundamental e essencial, que é a prestação do serviço. O debate que precisa ser feito é exatamente esse. Como normalizar esse processo que vem se arrastando ano a ano e diariamente a gente ver o boletim dizendo que ta faltando água nos bairros de João Pessoa. Isso precisa acabar. A Cagepa precisa apresentar um serviço de melhor qualidade à Capital e as cidades da Paraíba inteira”, destacou.

Já sobre Jair Bolsonaro, Luciano Cartaxo alegou que a gestão do presidente da República ainda não disse para que veio e que precisa de medidas que venham mudar a vida da população. Para ele, a gestão está muita abaixo do que se foi prometido na campanha eleitoral.

“É um governo que tem ao longo desses cem dias tomado posições muito controversas. São 100 dias de muita discussão, debate e informação, mas de poucos resultados efetivos em relação à vida das pessoas. Eu considero que é um governo que tem tomado medidas que poderia ser mais do campo da efetividade, dos resultados. O debate público que a gente ver permanentemente é troca de ministros e bate-cabeça. A gente não ver aquelas bandeiras de campanhas ofertadas que levaria a qualidade de vida do povo e não estão sendo aplicada”, argumentou.

Programa Bolsa Universitária

As inscrições para o Programa Bolsa Universitária começam no dia 22 de abril e ficam abertas até o dia três de maio. Atualmente, 203 jovens matriculados em instituições de ensino já recebem o benefício e, através deste novo edital, o número passará de 400 com os novos estudantes que serão incluídos no programa. Confira o edital no link https://midi.as/7SG2

“O programa exerce um papel fundamental no apoio aos jovens carentes que sonham em concluir o Ensino Superior, que querem transformar suas vidas a partir da educação e sair da condição de vulnerabilidade social. Para estas pessoas, o apoio da Bolsa Universitária oferecido pela Prefeitura faz uma grande diferença porque estimula a continuidade deles em sala de aula, superando as dificuldades e criando as condições necessárias para eles cumpram com as atividades universitárias, ajudar no material, alimentação e no transporte”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

Por Roberto Targino e Albemar Santos/MaisPB
Publicada por F@F em 10.04.19, às 11h46

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.