Header Ads

Corinthians vence o São Paulo e é campeão paulista pela 30ª vez na história

A festa, no fim, foi da Fiel, que bateu recorde de público na Arena

Timão é campeão paulista 2019 (Foto: Da Net)
O Corinthians fez história na tarde deste domingo e repetiu um feito de 80 anos atrás: tricampeão do Campeonato Paulista. Não foi fácil, não foi sempre bonito, mas, na hora da decisão, um golaço de Vagner Love selou a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, em Itaquera, e a conquista da terceira taça estadual seguida – também com Fábio Carille, o Timão foi campeão em 2017 e 2018. Danilo Avelar havia inaugurado o placar no primeiro tempo, enquanto Antony empatou a partida. A festa, no fim, foi da Fiel, que bateu recorde de público na Arena.

Primeiro tempo

O jogo começou com uma saída de bola surpreendente do São Paulo, que partiu para o ataque logo no primeiro lance. Pouco tempo depois, porém, o duelo já ficou travado – assim como no jogo de ida – e com muitos passes errados (27 no total). Com poucas ideias ofensivas, a bola parada se tornou a principal arma dos dois times, principalmente do Corinthians, com um bom repertório de jogadas ensaiadas. Numa delas, aos 30 minutos, Danilo Avelar aproveitou cobrança de escanteio de Sornoza e desvio de Ralf para abrir o placar. O Timão sentiu o bom momento e teve duas chances de ampliar – uma com Fagner, em bela defesa de Tiago Volpi, e outra com Clayson e Gustavo, que não se entenderam no contra-ataque. No lance seguinte, aos 47, Antony aproveitou “presente” de Ralf, cortou para dentro e chutou sem chances para Cássio: 1 a 1 na primeira etapa.

Segundo tempo

Os dois times voltaram mornos, como se já estivessem esperando os pênaltis – o São Paulo, com Willian Farias no lugar de Everton, deixou claro esse objetivo. Carille demorou a mudar o Corinthians, mas viu o time ser mais incisivo com a entrada de Vagner Love no lugar de Pedrinho. Em um contra-ataque, Sornoza lançou o centroavante, que, de primeira, deu um tapa na bola sem chances para Tiago Volpi e iniciou a festa na Arena. Quando o torcedor do Corinthians já gritava “tricampeão”, Arboleda deu um susto na Fiel ao acertar belo voleio que desviou na zaga. Depois, Clayson e Boselli perderam chance. A festa, porém, foi do Corinthians.

Ficha técnica:

Fábio Carille

Jogadores titulares:

Cássio, Fagner, Manoel, Henrique (troca com Pedro Henrique), Danilo Avelar, Ralf, Ramiro, Pedrinho (troca Wagner Love), Sornoza, Clayson, Gustavo (troca com Boselli).

Do Globo Esporte
Publicada por F@F em 21.04.19, às 19h30

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.