Header Ads

Deputado pede garantias de vida para Livânia: “Para não se repetir o que ocorreu a Bruno Ernesto”

Ex-secretária foi solta pela Justiça no caso da Operação Calvário desencadeado pelo Ministério Público

Deputado Cabo Gilberto (Foto: Blog de Helder Moura)
Antes, a prisão de ex-secretária Livânia Farias significava para muitos figurões envolvidos no esquema criminoso infiltrado na Cruz Vermelha, o risco iminente dela fazer colaboração com o Gaeco (Ministério Público) e Polícia Federal. O que efetivamente ocorreu. Agora, em liberdade quem pode estar correndo risco, na verdade, é a própria Livânia.

Afinal, a ex-secretária revelou apenas parte do esquema, que está sendo investigado pela força tarefa da Operação Calvário. Há ainda particularidades e personagens a serem, digamos, melhor detalhados. Ciente do risco da testemunha chave da organização criminosa, o deputado Cabo Gilberto está defendendo proteção policial junto as autoridades policiais do Estado.

“A Paraíba vem acompanhando com apreensão os desdobramentos das investigações dessa organização criminosa, e, agora, com a delação de Livânia, temos o receio de que ela, na condição de testemunha realmente chave, possa ser vítima da ira dos bandidos envolvidos, a exemplo de Bruno Ernesto, que foi covardemente assassinado no caso Jampa Digital”, justificou o deputado.

Do Blog de Helder Moura
Publicada por F@F em 25.04.19, às 12h41

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.