Header Ads

Promotor pede arquivamento de processo que acusa RC no caso Bruno Ernesto

O promotor alegou que “não há indícios da participação do ex-governador no caso e que as provas foram suficientes para propor uma ação penal”

Ex-governador Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através do promotor Marcus Leite, pediu o arquivamento do processo que investigava o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, de suposta participação no assassinato de Bruno Ernesto, em 2012. O caso corre em segredo de justiça.

Bruno à época era funcionário da Prefeitura de João Pessoa e o caso ficou conhecido como ‘Jampa Digital’, que era um programa para popularizar internet na Capital, lançado por Ricardo.

O pedido de arquivamento foi feito no dia 2 de maio. Conforme informações do jornalista Laerte Cerqueira, do Bom Dia Paraíba, da TV Cabo Branco, disse que o promotor alegou que “não há indícios da participação do ex-governador no caso e que as provas foram suficientes para propor uma ação penal”.

As investigações contra Ricardo Coutinho iniciaram em 2015 depois que a ex-primeira dama do estado, a jornalista Pâmela Bório, e os pais de Bruno Ernesto formularam uma denúncia. Sobre o assassinato, quatro pessoas foram julgadas e condenadas pelo homicídio.

Do Portal25Horas
Publicada por F@F em 15.05.19, às 02h22

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.