Publicidade
|
Galeria de Fotos Horóscopo Novelas Vídeos Email: redacao@fatoafato.com.br
Empreendedor Entrevistas Email: redacao@fatoafato.com.br
Policial

Barbárie: Filho mata o próprio pai a pauladas no Sertão da Paraíba
09.12.2013 enviado às 15:56
Texto:
João Nascimento foi assassinado pelo filho. Corpo ficou dentro da rede (Imagem: Diário do Sertão)

LASTRO (PB) - Um crime bárbaro abalou a população do município do Lastro na noite deste domingo (08). O agricultor João Nascimento de Oliveira, mais conhecido como “Genival”, de 68 anos, foi brutalmente assassinado pelo próprio filho, Teodoro de Oliveira, mais conhecido como “Pequeno”, de 25 anos.

De acordo com informações da Polícia Militar, pai e filho que moram no Sítio Mariana, zona rural do Lastro, haviam discutido, mas depois a confusão teria acabado, e o senhor João Nascimento deitou em uma rede para dormir. O jovem Ednaldo Teodoro aproveitou que o agricultor estava dormindo, pegou um pau e assassinou o próprio pai com várias pauladas na cabeça.

O agricultor não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no local. Já o acusado fugiu com destino ignorado.

A Polícia Militar esteve no local isolando a área até a chegada do delegado plantonista que encaminhou o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) em Patos, para realização do exame cadavérico.

A PM informou que esse foi o primeiro homicídio registrado no município do Lastro em 2013, e a cidade era conhecida como uma das mais tranquilas do Sertão Paraibano, já que não registrava crimes de homicídio.

Do Diário do Sertão

Compartilhe:
 
Comentários

Notícias Relacionadas

»MAIS INSEGURANÇA - Agência dos Correios de Sapé é assaltada por dupla de moto; ninguém foi preso

»INSEGURANÇA NO BREJO - Homem é assassinado a pauladas na zona rural de Alagoa Grande

»E HAJA VIOLÊNCIA - Paraíba registra seis assassinatos e oito tentativas de homicídio no fim de semana

»INSEGURANÇA - Presos serram grade de cela e fogem de cadeia pública na Paraíba

»GOVERNO IRIA ACABAR COM VIOLÊNCIA EM 6 MESES - Sexta-feira é marcada por 5 homicídios na Paraíba

»INSEGURANÇA E VIOLÊNCIA - Jovem é assassinada na porta de um bar em Solânea; autor foragiu

»Após 15 anos, filho vinga morte de pai e mata ex-cunhado com barra de ferro, em Mari

» Policiais e MP incineram 21 kg de maconha e cocaína no Brejo paraibano

»INSEGURANÇA - Juiz do TRE é vítima de arrastão em ônibus na cidade de Campina Grande

»ESTADO DESORGANIZADO - Briga entre detentos no Presídio do Roger termina com um morto

 
 
 
Editorial do dia

Novo confronto

A Paraíba tem atualmente 246 defensores públicos na ativa, ou seja, um para cada 16 mil paraibanos. Estão presentes em 88% das Comarcas. Como são poucos, atuam em mais de uma. São responsáveis por entre 85% e 90% das ações que tramitam na Justiça Estadual.

Veja mais
 
Colunistas
Antonio Santos
Antonio Cavalcante
Eu, pecador
Martinho Alves
Surpresas políticas
Professor Damásio
Alagoinha quer mudança
Mais Lidas