Header Ads

Teotonio vai propor equiparação salarial para monitoras de creche em GBA

A declaração foi dada na ‘live’ da última quarta-feira (19), quando Teotonio também fez um comentário sobre obras abandonadas pela atual gestão municipal

Teotônio e Ikeda (Foto: Assessoria)
Toda semana, o pré-candidato a prefeito de Guarabira (PB) Antonio Teotonio (PDT) está fazendo uma transmissão pelo Facebook, comentando sobre os problemas da cidade e adiantando um pouco sobre o seu futuro plano de gestão. Entendendo que em uma cidade não vai a lugar nenhum se não houver um investimento em Educação, e que profissionais devem ser motivados, ele disse que vai propor equiparação salarial para monitoras de creche, que em Guarabira recebem, apenas, um salário mínimo por mês.

“Com todo respeito a todos os funcionários, mas as monitoras de creche de Guarabira ganham um salário mínimo. É algo inadmissível! Eu já assisti a várias demandas desses profissionais. Inclusive, na Câmara, a vereadora Neide de Teotonio fez requerimentos e projetos, reivindicando uma melhoria salarial (…). No nosso projeto, que estamos preparando para apresentar a Guarabira, tem um que vai equiparar o salário da monitora de creche com o salário de professor. Eu não vou dizer que o monitor de creche é igual ao professor, porque são profissões diferentes, mas nada impede que o salário deles seja equiparado”, prometeu Teotonio, dando exemplo que essa equiparação salarial ocorreu em Pirpirituba.

A declaração foi dada na ‘live’ da última quarta-feira (19), quando Teotonio também fez um comentário sobre obras abandonadas pela atual gestão municipal: uma creche e uma praça, no Alto da Boa Vista. Conforme o pré-candidato, as visitas aos bairros são constantes. E ao receber reclamações de populares do Alto da Boa Vista, sobre as obras inacabadas, ele fez questão de registrar a situação e publicar nas redes sociais.

“Esperamos que a gestão tome uma providência urgente, no sentido de fazer com que aquelas obras sejam concluídas, e possam vir atender, afetivamente, a população que precisa”, cobrou, apontando a falta de planejamento ou seriedade com o recurso público por parte da gestão municipal.

Do Blog do Ikeda
Publicada por F@F em 26.02.2020, às 16h55

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.