Header Ads

Nilvan Ferreira é condenado em ação movida por Berg Lima

Gestor encontra-se afastado da Prefeitura Municipal de Bayeux

Berg Lima e Nilvan Ferreira (Foto: Polêmica Paraíba)
O juiz Antônio Rudimacy Firmino de Sousa, da 2ª Vara Mista de Bayeux, deferiu pedido de tutela antecipada e determinou que o radialista Nilvan Ferreira retire do seu perfil no Instagram publicações ofensivas ao prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima. Em caso de descumprimento, foi fixado o pagamento de multa diária de R$ 1 mil.

O político questionou uma postagem do apresentador que se refere à compra de urnas funerárias supostamente sem licitação e superfaturadas, na qual Berg é chamado de “bandido”.

Foram juntados ao processo documentos, inclusive um contrato firmado com o vencedor da licitação para a compra dos caixões.

Na decisão, o magistrado destacou que as provas evidenciarem a presença dos requisitos indispensáveis ao deferimento do pedido contra o comunicador.

O juiz também ponderou que “se por um lado não pode haver censura à liberdade de expressão ou pensamento, os abusos devem ser reprimidos na forma da lei”.

Da decisão cabe recurso.

Com Assessoria
Publicada pelo Polêmica PB em 26.05.2020, às 14h5

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.