Header Ads

Ministério Público denuncia Gabigol por aglomeração em cassino de luxo

O Ministério Público pede a pena de pagamento de 100 salários mínimos ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD)

MP denuncia Gabigol (Foto: Divulgação/Gov. SP)
O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo por crime contra a saúde pública. O jogador do Flamengo participou de aglomeração com aproximadamente 150 pessoas em um cassino clandestino na zona sul da capital paulista.

O avante e mais 57 pessoas que participaram da aglomeração serão processadas por desrespeitar medida do poder público para evitar propagação de doença contagiosa. O gerente e funcionários do local serão responderão também realizar jogos de azar.

Gabriel foi flagrado no evento ilegal no domingo (14/3) na Vila Olímpia, em São Paulo, em um cassino de luxo. A ação fez parte de uma força-tarefa da polícia paulista contra aglomerações, visando impedir a propagação da Covid-19 no estado. Além do atleta do Flamengo, o cantor Mc Gui também estava no local.

O Ministério Público pede a pena de pagamento de 100 salários mínimos ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD).

Metrópoles
Publicada por F@F em 19.03.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.