Header Ads

Homem que matou 24 pessoas e o irmão, morre em confronto com a polícia

Uma das vítimas dos homicídios que ele praticou foi o próprio irmão, que foi morto a facadas e teve o coração arrancado

Cabelinho tinha 49 anos (Foto: Reprodução)
Recife (PE) - Um homem que passou 30 anos preso e cometeu 24 homicídios, foi morto na manhã deste sábado (1º), no município de Canhotinho, no Agreste de Pernambuco.

Erivaldo Francisco Neves de Oliveira, vulgo Cabelinho, de 49 anos, estava foragido da justiça do Estado de Alagoas, no último mês de fevereiro o criminoso ganhou liberdade após passar 30 anos preso, Cabelinho estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, rompeu o equipamento e fugiu para Pernambuco.

De acordo com a polícia, em Canhotinho ele já se articulava para cometer crimes e atuar no tráfico de drogas.

Nesta manhã, a Polícia Penal de Alagoas e DEIC, coordenados pelo delegado Gustavo Xavier, com apoio de Policiais Civis da 18ª Delegacia Seccional de Garanhuns, sob a coordenação do delegado de plantão Marcelo Francisco e seccional Marcos Omena, cercaram a casa do criminoso, tendo ele no momento da entrada dos policiais na residência efetuado vários disparos de arma de fogo, ouve revide, o Serial Killer foi alvejado e morreu a caminho do Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns.

Uma das vítimas dos homicídios que ele praticou foi o próprio irmão, que foi morto a facadas e teve o coração arrancado.

Do Portal Agreste Violento
Publicada por F@F em 01.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.