Header Ads

Mulher manda filho matar ex-companheiro e os dois são presos

Os dois presos foram levados para a Delegacia de Cabedelo, onde serão ouvidos em procedimento policial

Mãe e filho foram presos pela Polícia Civil (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - A Polícia Civil da Paraíba, por meio Núcleo de Homicídios e Repressão Qualificada de Cabedelo, prendeu na manhã desta quarta-feira, 09 de junho, mãe e filho suspeitos do assassinato de Luan Targino Rodrigues, crime cometido no dia 19 de abril deste ano, nas proximidades do Forrock, em Cabedelo.

A prisão aconteceu no Bairro das Indústrias, em João Pessoa. De acordo com as investigações, mãe e filho articularam a morte de Luan Targino porque este não queria mais conviver maritalmente com a suspeita. A vítima teria sido atraída pela mulher para um local estratégico, onde seu filho sacou uma arma e efetuou vários disparos contra Luan.

“Tudo aponta para isto: uma insatisfação por parte dessa mulher pelo fato de Luan não querer mais relacionamento com ela. O filho acabou tomando as dores também, a ponto de contribuir para o crime dessa forma”, disse o delegado Diego Garcia.

Os dois presos foram levados para a Delegacia de Cabedelo, onde serão ouvidos em procedimento policial.

Do MaisPB
Publicada por F@F em 10.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.