Header Ads

MP investiga suposta funcionária fantasma na CM de Cajazeiras enquanto morava no RS

Em consulta ao Sagres, a reportagem do PB Agora confirmou que ela atuou na Casa como secretária parlamentar 

Prédio da Câmara Municipal (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - A Promotoria de Justiça Cumulativa de Cajazeiras, através da promotora Sarah Araújo Viana de Lucena, abriu inquérito para investigar um suposto caso de funcionário fantasma na Câmara de Vereadores do município.

CONFIRA: MP investiga suposta funcionária fantasma que atuava na Câmara de Cajazeiras enquanto morava no Rio Grande do Sul

De acordo com a promotora, a investigação tem como fundamento uma denúncia realizada à ouvidoria do Ministério Público da Paraíba, dando conta de que a servidora Wygnna Beatriz Dantas Braga da Silva estaria, desde 2018, morando no Rio Grande do Sul e recebendo os vencimentos da Casa Legislativa.

Em consulta ao Sagres, a reportagem do PB Agora confirmou que ela atuou na Casa como secretária parlamentar e recebeu, entre 2018 e 2019, período em que, de acordo com a denúncia, já estaria morando no Rio Grande do Sul, cerca de R$ 15 mil. Ela foi desligada da Câmara de Cajazeiras no final de 2019.

Wygnna foi intimada para participar de uma audiência com a Promotoria no dia 25 deste mês para prestar esclarecimentos sobre a suposta prática que enseja em improbidade administrativa.

Confira ação do MP

Do PB Agora
Publicada por F@F em 04.10.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.