Header Ads

Galdino prevê RC na disputa pelo Senado e Nonato diz que governador fica

Ricardo Coutinho tem dito que fica no Governo para continuar projeto administrativo

Adriano Galdino e Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
Enquanto o chefe de gabinete do governador Ricardo Coutinho (PSB), jornalista Nonato Bandeira (PPS) acredita que o chefe do executivo vai se sacrificar e permanecer no mandato até o dia 31 de dezembro, deixando escorrer pelas mãos uma vaga garantida no Senado Federal, o deputado Adriano Galdino (PSB), aliado de primeira hora do grupo girassol, prevê arrependimento de Ricardo se cumprir essa previsão.

Galdino, que atualmente, está à frente da Articulação Política do Estado, ressalta que o governador além de ter preparo é um político com conteúdo e ‘vai se arrepender para o resto da vida’ se não renunciar para entrar nessa disputa.

Apesar da futurologia, o parlamentar licenciado acredita que Ricardo só deixa o Governo se a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) também renunciar.

 “Na minha modesta opinião, Ricardo só sai se levar Lígia junto. Se ambos não saírem, irão se arrepender pelo resto da vida. Quem viver, verá. Ricardo perderá a oportunidade de ser senador e Lígia perde a oportunidade de ser senadora também, pois com certeza RC sairá do Senado pra ser prefeito de João Pessoa em 2020 e Lígia, na primeira suplência, assumiria a vaga, ou seja, Lígia assumiria 06 ou 4 anos no Senado. Se ficarem, o prejuízo para ambos será enorme”, analisou.

Nos bastidores especula-se que, se Lígia permanecer no Governo em caso de saída de Ricardo Coutinho, ela poderia tentar disputar o mandato de governadora ou, até mesmo, apoiar o nome do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para sucessão estadual, já que, até agora, ela ainda não disse publicamente se apoia o nome de Azevêdo para disputa pela sucessão estadual.

Do PB Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.