Header Ads

MDB surpreende, enche o Cabo Branco e lança Maranhão, Bruno Roberto e Roberto Paulino

Militância vermelha e lideranças lotaram o Clube Cabo Branco neste domingo (5). Evento acirrou a disputa pelo Governo do Estado

Roberto Paulino, José Maranhão e Bruno Roberto foram aplaudidos pela militância do MDB (Foto: Wscom)
As dependências do Clube Cabo Branco, em João Pessoa, ficaram, literalmente, lotadas com a militância vermelha e lideranças do partido, oportunidade em que o MDB da Paraíba fez, em convenção, o lançamento das candidaturas de José Maranhão ao Governo do Estado, de Bruno Roberto (PR) a vice-governador e Roberto Paulino, que esse ano vai disputar umas das duas vagas ao Senado.

A festa vermelha, realizada neste domingo (5), foi coroada de muita alegria e empolgação, sobretudo com os discursos críticos de Maranhão, Bruno Roberto e Roberto Paulino. O senador emedebista e pré-candidato ao Governo do Estado disse que, mesmo enfrentando três máquinas (prefeituras de João Pessoa, Campina Grande e Governo do Estado) poderosíssimas, confia na independência do povo paraibano.

“Também nas eleições de senador existiam duas máquinas contra mim e elas estavam aliadas, do mesmo lado, e nós vencemos as eleições. Agora estão divididos, estão mais fracos”, avaliou.

O emedebista garante ter o projeto de desenvolvimento para a Paraíba mais inovador entre os seus oponentes. “O que o povo quer é um projeto novo, não uma cara. A cara muda com o tempo, o que não muda é o espírito, a capacidade de sentir do povo suas reivindicações e atender com soluções efetivas”, frisou.

Aos 84 anos, Maranhão é criticado por colocar seu nome na disputa pela quarta vez. “Eu sou velho, mas não sou velhaco, como muito”, alfinetou.

Militância e lideranças lotaram as dependências do Clube Cabo Branco durante convenção do MDB (Foto: Wscom)
Mesmo deixando uma vaga na chapa majoritária em aberta, Maranhão afirmou estar satisfeito com a composição que fez. “Estamos satisfeitos porque não cedemos a velha política de troca de cargos ou tempo de televisão. Não nos impressiona esse tipo de apoio que é repudiado pela sociedade”, arrematou.

Ele ainda destaca seu favoritismo nos municípios e revela ser “quase unanimidade” entre a população. Ele afirmou que nos últimos anos se negou a fazer acordos espúrios. “E eles que falam tanto em juventude deveriam saber que juventude não é algo apenas da idade, é uma condição moral e espiritual”, pontuou.

Do Fato a Fato com MaisPB
Publicado em 5 de agosto de 2018, às 18h15

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.