Header Ads

AGORA EM VÍDEO! Professor volta a denunciar “desmandos” da atual gestão em Araçagi

Por apenas mostrar os erros da administração municipal, Arkimedes está respondendo a queixa na Delegacia de Polícia

Professor Arkimedes (Foto: Arquivo Pessoal)
O professor Arkimedes de Lima, mesmo sendo acionado na Delegacia de Polícia pelo prefeito Murílio Nunes (PSB), voltou a denuncia os que classifica de “desmandos administrativos” da atual gestão municipal, dizendo que o gestor quer implantar uma ditadura militar em Araçagi.

No vídeo, gravado com exclusividade para Fato a Fato, Arkimedes diz, claramente, que o hospital da cidade foi fechado pelo atual gestor, mas os recursos são destinados para manté-lo, mensalmente, à Prefeitura Municipal.

O professor também afirma que os PSF’s não possuem material de primeiros socorros, inclusive os enfermeiros estão comprando as próprias luvas para trabalhar. Com referência ao setor da Educação, Arkimedes diz que os ônibus (que transportam os estudantes) estão com os pneus carecas (no arame). O denunciante garante ter fotos para provar o que está dizendo.

Arkimedes diz que o prefeito de Araçagi usa do expediente da intimidação. “Ele não aceita quem mostra os erros de sua administração. A pessoa tem de ficar calado, mesmo vendo a população sofrer. Como não consigo me calar, o gestor fez denúncia na Delegacia, esperando que a mesma seja encaminhada ao Fórum da Justiça para se transformar em processo”, relata.

- Não vou me calar. Estou apenas defendendo os interesses do povo de Araçagi - afirma o professor. 

Mais uma vez Fato a Fato se coloca a disposição da administração municipal para o contraditório.

Veja cópia da queixa do prefeito contra o professor



Assista ao vídeo de Arkimedes e a confirmação de suas denúncias


Da Redação/Fato a Fato
Em 04.10.18, às 11h41

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.