Header Ads

Em JP, Haddad afirma crer em virada, diz que Bolsonaro não ‘honra a farda’ e elogia RC

Haddad criticou o candidato do PSL pelo não comparecimento em debates durante a campanha do segundo turno

Haddad concede entrevista em JP (Foto: Wscom)
O candidato do PT à presidência da república, Fernando Haddad, se mostrou confiante, durante entrevista em João Pessoa, nesta sexta-feira (26), na virada sobre Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da eleição presidencial, que ocorre neste domingo (28), em todo o país.

Haddad apontou que reconhece o momento como de reviravolta devido aos últimos números de pesquisas, e do empenho do povo em ir às ruas em seu favor.

“Acredito muito pelas trajetórias e o ritmo de mudança, está caindo muito rapidamente a diferença. Mesmo com a intimidação que estão fazendo, intimidando com violência, estamos vendo o povo na rua, inquieto com essa perspectiva medonha de ter uma pessoa despreparada na presidência”, disse.

Haddad criticou o candidato do PSL pelo não comparecimento em debates durante a campanha do segundo turno. Ele chegou a apontar que o capitão de reserva não ‘honra a farda’.

“Ele não tem coragem, não honra a farda, não tem coragem de ir a um debate e expor suas ideias. Se ele fosse para o debate isso ia ficar claro, o desprezo pelo povo do Nordeste, pelo negro, pela mulher e pelas regras democráticas”, continuou.

O petista também acusou a campanha do seu adversário de espalhar fake News durante o pleito e disse que o objetivo de Bolsonaro era ‘fugir’ do segundo turno

“A OEA denunciou que foi a campanha mais suja por WhatsApp, não se tem notícia em um país que vivenciou no primeiro turno o que aconteceu no Brasil, e todo objetivo dele era concluir a eleição do 1º turno para não debater, mas fomos para o segundo. Digo uma coisa, o Brasil não vai se intimidar diante da violência”, cravou.

Presente na caminhada e na coletiva, o governador Ricardo Coutinho (PSB) foi alvo de elogios do professor. Segundo Haddad, Ricardo tem competência ‘até para ser presidente’.

“ É uma pessoa que tem folha de serviços prestados e de firmeza em posicionamentos que o qualifica para assumir qualquer pasta de um governo federal”, opinou.

Nos momentos finais de campanha, os petistas ainda esperam um gesto de apoito de Ciro Gomes, derrotado no primeiro turno. Ciro desembarca no Ceará após férias, e o candidato petista afirmou que espera a chancela do seu colega.

“Sempre espero o melhor das pessoas. Sei que Ciro tem coisa boa dentro dele. É uma pessoa respeitável e sempre espero o melhor de pessoas como ele. Acredito que ele vá, chegando no Ceará, fazer um gesto pelo Brasil, porque não é por mim. Ele sabe o que está em jogo”, finalizou.

Da Redação WSCOM
Em 26.10.18, às 14h32

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.