Header Ads

Raniery quer anistia as punições impostas aos técnico-administrativos da PB

Os serviços mais prejudicados foram os das escolas, dos hospitais e os que estão no Centro Administrativo do Governo

Deputado Raniery Paulino (Foto: Assessoria)
O deputado estadual Raniery Paulino pretende apresentar um projeto de lei que propõe anistia as punições aos servidores técnico-administrativos da Paraíba que paralisaram as atividades no ano de 2018.

Os servidores vinham reivindicando reposição salarial, vale alimentação, redução da carga horária e uma revisão do plano de cargos e carreiras do Governo.

Raniery Paulino pretende ser o mediador entre a categoria e o Governo do Estado na ALPB. Paulino quer que o atual governador João Azevedo se solidarize com os técnicos administrativos e anistie as punições do ex-governador Ricardo Coutinho. “Quero manisfestar minha solidariedade e apoio aos técnicos administrativos, que reivindicaram legitimamente sobre melhores condições de trabalho, como o reajuste salarial. Lamento muito a intransigência do Governo anterior de não ter  dialogado com a categoria, mas sim  retaliar com o corte no ponto. Espero que o atual governador dialogue com a categoria e anistie as punições do ex-governador.” frisou.

"A ausência de dialogo é o pior caminho que se pode tomar, por isso sugiro ao governo que receba uma comissão dos técnicos para buscar um entendimento", pediu o deputado.

"Na ALPB, iremos apresentar uma PL  solicitando anistia para que a atual gestão estadual se sensibilize e faça o pagamento do retroativo referente ao período em que ficaram afastados." concluiu, Raniery.

O reajuste de 15,76% nos salários é reivindicado para que exista uma proporcionalidade em relação ao que os servidores ganhavam alguns anos atrás. São mais de 1.500 servidores que aderiram ao movimento em todo o estado com uma ação de legalidade da greve.

Os serviços mais prejudicados foram os das escolas, dos hospitais e os que estão no Centro Administrativo do Governo da Paraíba. 

Da Assessoria de Imprensa
Em 25.02.19, às 22h19

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.