Header Ads

Mulher nega que tenha obrigado filha de dez anos a fazer programa

Suspeita foi levada para a Central de Polícia do Geisel, em João Pessoa. Segundo a TV Correio, ela é mãe de outras três crianças

Mulher foi levada para Central de Polícia (Foto: TV Correio)
A mulher presa suspeita de aliciar a filha de dez anos nega que tenha obrigado a menina a fazer programas sexuais. O caso ocorreu nesse domingo (19), no bairro Costa e Silva, em João Pessoa. Em entrevista à TV Correio, ela disse que o marido trabalha em um posto de gasolina e não precisaria fazer isso com a filha para conseguir dinheiro.

A mulher de 28 anos foi presa após a garota sair de um carro correndo e pedindo ajuda, alegando que a mãe a obrigava a fazer programas por R$ 20. No veículo, a menina estaria com um homem e depois que fugiu, pediu ajuda a uma vizinha, que acionou a polícia. Não há informações sobre a pessoa que estaria com a criança no carro.

A suspeita foi levada para a Central de Polícia do Geisel, em João Pessoa. Segundo a TV Correio, ela é mãe de outras três crianças, sendo um menino de cinco anos, uma menina de dois anos e um bebê de três meses.

Conforme apuração da TV Correio, as crianças foram levadas pelo Conselho Tutelar de Alhandra, na Grande João Pessoa, onde deverão ficar sob a guarda do pai.

Do Portal Correio
Publicada por F@F em 20.05.19, às 20h03

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.