Header Ads

Ricardo diz que João deveria ir a evento pela transposição, mas nega convite

Coutinho ainda pontuou que o ato é importante para o Estado, que pode entrar novamente em estado de racionamento de água

Ex-governador Ricardo Coutinho (Foto: Da Net)
O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) disse nesta quarta-feira (28) que, se fosse o governador da Paraíba, João Azevêdo, iria ao evento SOS Transposição, que acontece neste domingo (1º), em Monteiro. No entanto, Ricardo disse que não chegou a convidar João para participar, por não ser ‘dono do ato’.

“Se eu fosse governador eu iria, não só desse, mas todos os atos para defender a Paraíba, meu Estado, o Nordeste, ou o Brasil contra qualquer um que seja, se por ventura fosse contra. Sempre agi assim, acho que os governadores do Nordeste e o da Paraíba devem estar presentes, é uma demonstração clara para o drama e uma causa importante para a Paraíba”, disse à Arapuan Fm.

Ricardo disse que tanto João quanto os demais governador do Nordeste são bem vindos ao ato, assim como ‘todos os sensíveis a essa causa’. 

“O ato não é convocado por mim, eu não sou dono de ato nenhum. Ao contrario, sou um militante, um participante da luta popular e da luta pelo desenvolvimento do nosso Estado. Todos que sejam sensíveis a essa causa, independentemente de partido, são muito bem vindos”, continuou.

Coutinho ainda pontuou que o ato é importante para o Estado, que pode entrar novamente em estado de racionamento de água caso a obra não volte a funcionar.

“A importância é do mesmo tamanho do que foi a luta pela transposição, a conquista da transposição até então do eixo leste para Monteiro… ela é fundadamente para olhar para o presente e futuro da Paraíba. Teremos retorno dos racionamentos, coisa que eu acabei”, destacou.

SOS Transposição

O SOS Transposição é um grito de socorro do povo Nordestino contra o abandono por parte do Governo Federal da maior obra hídrica da história do Nordeste, e que se concluída, beneficiará mais de 12 milhões de pessoas dos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. Ele está sendo convocado por movimentos sociais, partidos de esquerda e diversas lideranças de todo o Brasil, sob a coordenação de Ricardo Coutinho. 

Por Redação/Portal WSCOM
Publicada por F@F em 28.08.19, às 15h28

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.