Header Ads

Noblat diz que Bolsonaro e Moro são cúmplices de ataque ao Porta dos Fundos

O ataque à produtora foi um claro protesto ao Especial de Natal transmitido pela Netflix, uma sátira que retrata Jesus gay 

Noblat e Bolsonaro (Foto: Reprodução)
"Ministro da Justiça, o que Sérgio Moro disse sobre o atentado à sede da produtora Porta dos Fundos? E Bolsonaro, presidente da República, disse o quê? Nada disseram. Quem cala consente. É cúmplice", postou o jornalista

O jornalista Ricardo Noblat, colunista da Veja, criticou o silêncio de Jair Bolsonaro e do ministro da Justiça, Sergio Moro, pelo ataque à produtora do canal Porta dos Fundos com dois coquetéis-molotov no dia 24 de dezembro, véspera do Natal. Segundo Noblat, o silêncio dos dois representa a cumplicidade com o atentado.

“Ministro da Justiça, o que Sérgio Moro disse sobre o atentado à sede da produtora Porta dos Fundos? E Bolsonaro, presidente da República, disse o quê? Nada disseram. Quem cala consente. É cúmplice”, postou o jornalista.

O ataque à produtora foi um claro protesto ao Especial de Natal transmitido pela Netflix, uma sátira que retrata Jesus gay e que despertou a ira de setores religiosos. Pastores e políticos fundamentalistas pediram a censura do programa.

Do Wscom
Publicada por F@F em 28.12.19, às 20h13

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.