Header Ads

Prefeito denuncia ameaças de “miliciano” por medidas de isolamento social na Paraíba

Na cidade de Sumé as escolas, o comércio e demais repartições públicas estão com o funcionamento suspenso

Prefeito Éden Duarte (Foto: Reprodução)
O prefeito da cidade de Sumé, no Cariri paraibano, Éden Duarte, denunciou ontem em suas redes sociais que está sendo ameaçado por um “miliciano” por ter adotado medidas de isolamento social no município, diante da pandemia do coronavírus. As supostas ameaças, de acordo com ele, teriam sido feitas em grupos de whatsapp por pessoas que defendem a reabertura do comércio e das repartições públicas – mesmo com as recomendações contrárias de autoridades da saúde de todo o mundo, que afirmam ser o isolamento social a única forma de diminuir a transmissão do coronavírus.

A denúncia feita pelo gestor é grave e merece ser apurada pelo Ministério Público. É que embora a discordância das medidas seja legítima, a defesa do retorno do funcionamento das repartições e estabelecimentos deve permanecer no campo das ideias; e nunca em ameaças ou ações que descumpram os decretos municipais e estadual, que estabelecem regras para evitar aglomeração de pessoas nas cidades paraibanas, informa publicação do Pleno Poder, do Jornal da Paraíba.

Na cidade de Sumé as escolas, o comércio e demais repartições públicas estão com o funcionamento suspenso, assim como ocorre em municípios como Campina Grande e João Pessoa. Nas supostas ameaças, denunciadas por Éden Duarte, estão publicações em que pessoas convocam os moradores do município a realizarem protestos em frente à casa do gestor. Ele, porém, avisou que não irá ceder às pressões.

Do Paraíba Rádio Blog
Publicada por F@F em 30.03.2020 às 13h29

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.