Header Ads

Aguinaldo nega informação de que estaria prestes a se tornar ministro de Bolsonaro

Após apurar a informação, o próprio jornalista que repercutiu a informação falsa se retratou

Aguinaldo negou os boatos (Foto: Reprodução)
É fake News (notícia falsa) a informação de que o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) estaria próximo a se tornar ministro do Governo Bolsonaro.

O parlamentar acabou virando manchete em alguns portais com o anúncio dessa suposta articulação, mas, nas redes sociais, o paraibano deixou claro que a notícia não corresponde a realidade.

Aguinaldo ainda reforça a necessidade de a população procurar a verdade e disseminá-la, e não acreditar em boatos ou factóides de origens duvidosas, cujo objetivo é tentar macular a vida de políticos, na tentativa de igualar todos em um conceito venal.

“Compartilhem a verdade”, disse. A informação falsa, propagada por alguns meios de comunicação, dava conta que Aguinaldo se preparava para assumir o Ministério de Ciência e Tecnologia, no lugar do astronauta Marcos Pontes. Aguinaldo Ribeiro foi ministro das Cidades no Governo Dilma, e teve uma atuação reconhecida por vários estados. Apesar da competência, o deputado deixou claro que qualquer notícia sobre sua nomeação no primeiro escalão do atual governo é boato.

Essa não é a primeira vez esse ano que o deputado Aguinaldo Ribeiro é vítima de informações falsas. No final do mês passado Aguinaldo Ribeiro emitiu comunicado para rebater a fake news divulgada pelo jornalista Guilherme Caetano, nas redes sociais, dando conta de um suposto encontro dele com o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM) e o ministro do Supremo, Gilmar Mendes.

Após apurar a informação, o próprio jornalista que repercutiu a informação falsa se retratou, também nas redes sociais, pedindo desculpas pela divulgação desencontrada da notícia.

O parlamentar paraibano, através de sua assessoria, pediu que as pessoas reajam às informações noticiosas e compartilhem a verdade.

Do PB Agora
Publicada por F@F em 07.05.2020, às 22h58

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.