Header Ads

Cunhada do prefeito de Bananeiras consta em lista do auxílio emergencial

Tal prática pode configurar o crime de estelionato, disposto no art. 171 do Código Penal

Laysa Brunelly teria recebido o auxílio (Foto: PB Rádio Blog)
A arquiteta Laysa Brunelly de Macedo Pinto de Macedo Pinto, renomada arquiteta, que vem a ser cunhada do prefeito de Bananeiras Douglas Lucena e irmã da primeira-dama, secretária de saúde e secretária de assistência social do município Maryjanne Macedo, consta na lista de recebedores do auxílio emergencial do governo.


O auxílio emergencial foi criado para atender a população de baixa-renda do país inteiro em virtude da pandemia do Covid-19. Ainda assim, a jovem solicitou o benefício e pelo que consta no site da transparência já recebeu a primeira parcela.

Conforme podemos observar nas redes sociais de Laysa, a mesma possui um padrão de vida alto, inclusive realiza viagens frequentes para o exterior, não tendo qualquer razão em solicitar o benefício. Enquanto isso, diversas pessoas carentes tiveram seus benefícios negados.

Tal prática pode configurar o crime de estelionato, disposto no art. 171 do Código Penal que assim dispõe: “obter para si ou para outrem vantagem ilícita em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”.

Do Paraíba Rádio Blog com Assessoria de Imprensa
Publicada por F@F em 04.07.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.