Header Ads

Maranhão elogia continuidade da transposição, mas pede por ramal

Procedimentos de início das obras do Sistema Adutor do Ramal de Piancó avançaram neste ano

Senador Maranhão (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Com a chegada das águas do Rio São Francisco ao Ceará, e avanço do eixo norte da transposição, o senador José Maranhão (MDB-PB) destacou a importância de se dar prosseguimento também ao chamado terceiro eixo da transposição – o ramal de Piancó.

Desde o início do mandato de senador em Brasília, José Maranhão tem dedicado esforços para garantir que todos os lares na Paraíba tenham acesso a água. Para ele, a construção do ramal de Piancó, ligando ao eixo norte da transposição, é que vai propiciar plena segurança hídrica ao Sertão paraibano.

Os procedimentos de início das obras do Sistema Adutor do Ramal de Piancó avançaram neste ano, com edital e projeto executivo coordenado pelo Dnocs-PB, apesar de todas as dificuldades representadas pela pandemia do coronavírus no país. O Dnocs já licitou toda a parte de equipamentos da adutora e está agora licitando a parte de serviços e gerenciamento.

O senador José Maranhão já destinou R$ 29 milhões em emenda parlamentar à obra, que considera a mais importante para o estado nesta década. A expectativa é que a adutora possa beneficiar mais de 1 millhão de pessoas em 37 municípios paraibanos. “O custo é relativamente baixo, R$ 177 per capita, considerando o número de pessoas beneficiadas e o desenvolvimento econômico e social que vai trazer”, ressaltou.

O ramal de Piancó, com 20 quilômetros, deverá beneficiar um terço da população da Paraíba, levar segurança hídrica para a região de Conceição, que é abastecida pelo açude de Condado – obra executada durante o governo de José Maranhão. Também deverá perenizar o Rio Piancó e permitirá abastecer o maior açude do Estado, Coremas-Mãe D’Água, garantindo segurança hídrica de importantes áreas como Várzeas de Sousa e Borborema.

As águas do São Francisco chegaram ao Ceará no dia 26 de junho, no município de Penaforte. A cerimônia de inauguração do novo trecho, pelo presidente Jair Bolsonaro, ocorreu na divisa entre Pernambuco e Ceará, no distrito de Milagres.

Por Edinho Magalhães/Correspondente do Correio
Publicada por F@F em 04.07.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.