Header Ads

Obra em muro da Rádio Tabajara é para evitar acidente e é emergencial, diz Governo

De acordo com a engenheira fiscal da obra, Letícia Rosado, a estrutura antiga apresenta fissuras graves, árvores cresceram ao redor, teve movimento de terra provocado pelas intempéries do tempo, o que foi comprometendo a base de sustentação do muro

Muro da Rádio Tabajara (Foto: Reprodução/Wscom)
O Governo do Estado, através da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), divulgou nota na noite desta sexta-feira (17) esclarecendo a necessidade de obras no muro da Rádio Tabajara, em João Pessoa, com investimento de R$ 218 mil.

“O Governo do Estado autorizou a obra para evitar um acidente futuro – o que era previsível. É um muro bem extenso, diferente do que têm anunciado de forma irresponsável nas redes sociais e canais que insistem em prestar o desserviço das fake news – informações falsas – que é crime. A extensão do muro é de 280 metros lineares – dos quais 77 metros foram feitos até o momento – e estão sendo investidos R$ 218 mil”, diz o comunicado.

Leia na íntegra:

‘A Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan) vem a público esclarecer comparações absurdas que estão sendo divulgadas nas redes sociais, nas quais atribuem uma suposta negligência no Governo do Estado da Paraíba, no que diz respeito ao investimento na obra de reforma do muro da Rádio Tabajara.

A Autarquia de obras esclarece que as intervenções foram consideradas emergenciais, em virtude das condições atuais da estrutura e da base do muro, conforme verificada em vistoria realizada pelos engenheiros do Estado. A reforma não foi considerada importante tão somente para a Rádio Tabajara, mas para a segurança e proteção da comunidade situada vizinha à rádio. 

O Governo do Estado autorizou a obra para evitar um acidente futuro – o que era previsível. É um muro bem extenso, diferente do que têm anunciado de forma irresponsável nas redes sociais e canais que insistem em prestar o desserviço das fake news – informações falsas – que é crime. A extensão do muro é de 280 metros lineares – dos quais 77 metros foram feitos até o momento – e estão sendo investidos R$ 218 mil.

De acordo com a engenheira fiscal da obra, Letícia Rosado, a estrutura antiga apresenta fissuras graves, árvores cresceram ao redor, teve movimento de terra provocado pelas intempéries do tempo, o que foi comprometendo a base de sustentação do muro.

Confira a explicação técnica da engenheira fiscal:

“A necessidade de reforma do muro da Rádio Tabajara é emergencial, pois encontra-se com várias manifestações patológicas, como fissuras, desplacamento do concreto, corrosão e exposição da armadura, consequentemente gerando alto risco de desabamento. Devido a localização do muro, poderia causar danos à população que mora em torno da Rádio, considerando que há várias residências paralelas a sair dele”.’

Do Wscom
Publicada por F@F em 17.07.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.