Header Ads

Ronaldo Guerra diz que governador não apoia pré-candidatura do PDT em Guarabira

As declarações do presidente estadual do Cidadania foram dadas ao programa Tribuna Livre (Rádio Cultura FM), levado ao ar nesta quinta-feira (30)

Ronaldo Guerra, Cidadania (Foto: Reprodução)
O presidente estadual do Cidadania, Ronaldo Guerra afirmou que o governador João Azevêdo não apoia e nem apoiará a pré-candidatura a prefeito do advogado Antonio Teotônio (PDT) nas eleições deste ano em Guarabira, mas sim a do MDB,que será anunciada pela Família Paulino. 

As declarações de Guerra põe fim a possibilidade de o governador vir apoiar a pré-candidatura pedetista, como vinha sendo especulado em Guarabira, sobretudo por simpatizantes e apoiadores do esposa da vereadora Josineide Nicolau.

- A única candidatura que apoiamos, no caso o Cidadania e o governador, é a formalizada numa aliança com o MDB, onde se terá em Roberto Paulino ou Raniery o postulante ao cargo de prefeito de Guarabira - afirmou Guerra.

Presidente estadual do Cidadania, para deixar claro na formalização da aliança MDB/Cidadania anunciada pelo governador João Azevêdo, disse que está descartada qualquer apoio a outra candidatura em Guarabira. 

"O que disserem nesse sentido é boato. Em Guarabira, vamos eleger Roberto Paulino ou o seu filho, o deputado Raniery prefeito da cidade numa aliança sólida, com propósitos programáticos e pensando no bem da população", afirmou Ronaldo Guerra.

As declarações do presidente estadual do Cidadania foram dadas ao programa Tribuna Livre (Rádio Cultura FM), levado ao ar nesta quinta-feira (30) e apresentado pelos radialista Edcarlo Monteiro e Rodrigo Souza, ocasião em que Célio Alves (presidente municipal do Cidadania) estava sendo entrevistado. 

Da Redação/Fato a Fato
Publicada em 30.07.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.