Header Ads

Criança de 11 anos denúncia estupro cometido pelo padrasto de 15 anos

A mãe da vítima, uma mulher de 29 anos, foi denunciada por deixar a criança sozinha com o adolescente

Mãe da vítima é denunciada (Foto: Reprodução/Polícia24h)
Um adolescente de 15 anos foi apreendido suspeito de estuprar a enteada, uma criança de 11 anos, nessa sexta-feira (14). A vítima relata que tomou uma grande quantidade de remédio para não sentir os abusos.

O caso foi denunciado aos policiais da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) e o adolescente foi apreendido no mesmo dia. A menina relatou os crimes após ser atendida em um hospital da capital após tomar o medicamento em casa. Logo em seguida a vítima foi encaminhada ao serviço de acompanhamento psicológico do hospital onde relatou todos os atos cometidos pelo padrasto de 15 anos.

“Ela contou durante as oitivas que chegou a tomar uma dose de medicamentos para ficar dormindo e não sentir os toques do suspeito. Não teria dado certo e, no dia seguinte, ela tomou uma dosagem maior. Diante disso, ela foi parar no Pronto-Socorro, onde a equipe médica também atestou essa circunstância. Fizemos nosso trabalho e apreendemos esse adolescente pelo ato infracional análogo ao estupro de vulnerável”, disse a delegada Elizabeth de Paula, titular da Deaai.

Ainda segundo a delegada, o adolescente ainda tentou negar o crime, mas depois afirmou que a menina passava a noite assistindo a conteúdos pornográficos pelo celular e isso facilitou para que ele se aproximasse dela e cometesse o crime.

A mãe da vítima, uma mulher de 29 anos, foi denunciada por deixar a criança sozinha com o adolescente. Ela será indiciada por abandono de incapaz e o crime será investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança (Depca).

Do Polícia24h
Publicada por F@F em 15.08.2020

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.