Header Ads

FHC diz que governo Lula foi "época feliz" e afirma que poderá votar nele contra Bolsonaro

Pela primeira vez, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sinaliza a intenção de apoiar o ex-presidente Lula, num eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro. No entanto, ele ainda não desistiu da tentativa de criar uma "terceira via"

Lula e Fernando Henrique Cardoso (Foto: Divulgação)
São Paulo-SP - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso concedeu uma entrevista ao jornalista Cristiano Romero, do Valor, em que defendeu parcialmente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao dizer que seu governo foi uma "época feliz". FHC afirmou ainda que Lula pode atrair o chamado centro. "Bolsonaro é mais extremo que o Lula. Se não aparecer uma [terceira] candidatura, o Lula vai somar essa gente [que hoje faz oposição ao governo] para enfrentá-lo. O Lula é inteligente, pegou no ar, aprendeu. O que ele vai simbolizar? Não sei. O que foi que ele simbolizou com o governo? Foi uma época feliz da vida no Brasil. E a economia foi bem. Mas ele não vai simbolizar o que vão dizer que ele simboliza, que é o socialismo, o comunismo, o Lula vermelho", disse FHC.

FHC também afirmou que poderá votar em Lula num eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro. "No segundo turno, se ficar o Lula contra o Bolsonaro, não sei se o PSDB vai fazer isso... Se depender da minha inclinação, iria nessa direção, com muita dificuldade porque o Lula jogava pedra em mim", afirmou FHC, que disse ainda que não vai contribuir para transformar o ex-presidente num "fantasma". 

Do Brasil 247
Publicada por F@F em 12.04.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.