Header Ads

FHC reforça possível voto em Lula contra Bolsonaro: “Não tenho medo do PT”

Ex-presidente também fez críticas ao seu próprio partido, PSDB, que para ele “perdeu capacidade de atração e condição de ser fator real de poder”

Ex-presidente FHC (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
São Paulo (PB) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) reiterou o seu voto em Lula em uma possível disputa com Bolsonaro no segundo turno da eleição de 2022. Questionado pelo jornal Valor Econômico se mobilizaria o País para que Lula voltasse ao poder, o tucano disse esperar “que não seja necessário, mas, se for, provavelmente sim”.

Siga-nos no Twitter @fatoafato

“O PT é um partido importante que se organizou. Não tenho medo do PT”, afirmou.

“Temo que esse venha a ser o cenário mais provável e que Bolsonaro ganhe outra vez. Depende do clima que se crie. Vão inventar que Lula é isso ou aquilo. Já votei no Lula. Difícil que Lula seja representante da terceira via, embora ele, na alma, seja isso. Ele simboliza e tem eco”, disse.

Na entrevista, FHC também afirmou que “Bolsonaro simboliza algo para a classe média baixa porque transformou Lula no que ele não é, um comunista, uma ameaça para a democracia”. “Lula nunca esqueceu o povo, mas sempre cativou o outro lado”, continuou.

FHC também fez críticas ao seu próprio partido, PSDB, que para ele “perdeu capacidade de atração e condição de ser fator real de poder”. Ele descarta o governador de São Paulo, João Doria, como candidato: “Creio que ele [Doria] não tenha o conjunto de características que mova o Brasil profundo”. E faz elogios ao senador Tasso Jereissati (CE).

Do Brasil 247
Publicada por F@F em 14.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.