Header Ads

Tio é suspeito de abuso sexual a criança ao longo de dois anos

Segundo a PCGO, homem negou fatos, mas será indiciado por estupro de vulnerável; atos teriam sido praticados desde que menina tinha 7 anos

Caso aconteceu em Goianésia (Foto: iStock/Imagem Ilustrativa)
Goiânia (GO) - Um homem de 36 anos foi preso preventivamente na tarde desta quinta-feira (20/5), suspeito de abusar sexualmente da sobrinha. Segundo informações da Polícia Civil de Goiás, os crimes aconteceram, de forma continuada, por aproximadamente dois anos, desde quando a vítima tinha sete anos de idade.

O caso foi no município de Goianésia, a cerca de 179 km de Goiânia. O mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher do município.

De acordo com a corporação, em fevereiro de 2021, a menina relatou os abusos sofridos. Os familiares procuraram a polícia, no início do mês de março, quando foi instaurado inquérito para apurar os fatos.

A criança passou por exame de corpo de delito, no qual ficou constatado a ruptura do hímen. A Polícia Civil representou pela decretação da prisão preventiva do tio da vítima, que foi deferida pelo Poder Judiciário.

Segundo a Polícia, durante interrogatório, o homem negou os fatos. No entanto, ele será indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, que prevê pena de 8 a 15 anos, aumentada de metade por ser tio da vítima. Ainda conforme a corporação, como o crime foi continuado, o autor poderá pegar pena máxima de aproximadamente 37 anos de prisão.

Do Metrópoles
Publicada por F@F em 21.05.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.