Header Ads

Cartaxo deixa de ir a reunião da oposição para não fazer palaque para Bolsonaro

Ausente da reunião da oposição que se uniu em torno do nome de Romero para 2022, Cartaxo rompe silêncio: “Surpreendente”

Ex-prefeito Luciano Cartaxo (Foto: Walla Santos/ClickPB)
João Pessoa (PB) - Nesta terça-feira, dia 22, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, do PV, que esteve ausente da reunião da oposição paraibana ocorrida ontem na Capital, declarou durante entrevista à rádio Correio, que não foi ao referido encontro por desconhecer a pauta e para não dar palanque para o presidente Bolsonaro.

Vale ressaltar que Cartaxo foi petista por muitos anos e declarou em um momento anterior que seu apoio é do ex-presidente Lula caso este seja candidato à presidência em 2022.

Ainda conforme o ex-gestor pessoense, seu posicionamento para as eleições na Paraíba em 2022 está claro com relação à reeleição do governador João Azevêdo: ele declarou que milita no campo da oposição a João, porém ainda não decidiu qual cargo irá disputar e aguarda a reforma eleitoral para bater o martelo quanto a isso.

Ele ainda demonstrou surpresa com o anúncio feito pelo grupo oposicionista de mostrar união em torno do nome do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, como pré-candidato ao governo do estado.

“Naquele momento achei que não era oportuno se fazer um debate principalmente porque não tinha noção do que ia ser discutido e de uma forma até surpreendente saiu um lançamento de uma pré-candidatura” declarou.

Do Blog do Ninja com Fato a Fato
Publicada em 22.06.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.