Header Ads

Pamella desabafa após prisão de DJ Ivis: 'tenho sofrido ameaças de morte'

Em logo depoimento, arquiteta acredita pelo ex-marido famoso ainda conta que irá se afastar da internet para o bem de sua saúde mental

DJ Ivis e Pamella Holanda (Foto: Reproduções)
Rio de Janeiro (RJ) - Após a prisão de DJ Ivis por agredir a ex-mulher e mãe de sua filha, Pamella Holanda, a arquiteta usou o Instagram para fazer um desabafo sobre como tem sido sua vida após a repercussão do caso que mobilizou todo o país. Pamella contou que não está bem e que, inclusive, vem recebendo ameaças de morte. 

"Eu quero, de verdade, que entendam que eu não estou bem. Eu tenho sofrido ameaças de morte. Eu já li, inclusive, de outras mulheres, que mereço passar fome, eu e minha filha. Eu preciso de paz. Eu mereço ter paz. Vou passar uns dias sem telefone, longe de tudo. Eu preciso cuidar da minha saúde mental. Eu não posso ser a rocha que sempre fui. Eu tenho que me permitir ser cuidada. Preciso me reerguer e eu vou", afirmou Pamella.

Ela rebateu as acusações de que estaria com DJ Ivis por interesse e que teria exposto as agressões publicamente para se promover. "Eu retirei ontem todas as minhas coisas e da minha filha da casa que morávamos, porque a construtora, então dona da casa, pediu, porque por falta de pagamento eu não poderia estar mais lá, não teria esse direito. Então, em hipótese alguma pode ser dito que eu estava com ele por interesse, por comodidade ou por qualquer justificativa que ponha em questão meus valores e princípios. Seria muito mais 'fácil' eu estar num palácio do que ter a coragem de dar um ponto final numa vida de aparência motivada pelas razoes e emoções certas (minha filha, a família que projetei, que quis construir e manter em pé a toda custo) ou se quisesse fama estaria com ele até hoje pegando carona no momento dele. Não seria mais cômodo? Seria! Mas nada paga uma vida em paz, nada".

Pamella ainda afirmou que pra ela o mais importante no momento é o bem-estar de sua filha 9 meses. "Eu não estou bem, mas a Mel está e é isso que me fortalece. Eu queria e quero muito dar por encerrado isso eu preciso e quero seguir minha vida. Eu, de verdade, preciso. Eu não posso viver revivendo isso, recontando, me explicando. Eu entendo que as pessoas gostam de transparência e eu, nesse momento, preciso ser, até pra seguir em paz", disse. 

Ela também disse que irá processar jornalistas que insinuaram em rede nacional que sua mãe teria sido conivente com as agressões que ela sofreu de DJ Ivis, pelo fato de a mãe aparecer em um dos vídeos divulgados presenciado a violência doméstica. "Minha mãe não recebia um centavo do meu então ex-companheiro para ser conivente com as agressões. Pelo amor de Deus, que absurdo. Que espécie de valores ou mulher seria ela se aceitasse ou se vendesse dessa forma?"

De O Dia
Publicada por F@F em 17.07.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.