Header Ads

Caso Anielle Teixeira: exame se ocorreu violência sexual deve sair até quinta-feira

A conclusão do laudo pericial deve apontar se José Alex de Sousa, principal suspeito do crime, abusou sexualmente a menina de 11 anos

Anielle Teixeira foi achada morta (Foto: Reprodução)
João Pessoa (PB) - O Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de João Pessoa deve divulgar até quinta-feira (30) o resultado do exame sexológico de Anielle Teixeira, segundo apurou o ClickPB. A conclusão do laudo pericial deve apontar se José Alex de Sousa, principal suspeito do crime, abusou sexualmente a menina de 11 anos.

No dia 17 de setembro, ele foi indiciado por homicídio culposo qualificado pela Polícia Civil. O acusado do crime chegou a confessar o assassinato, mas negou ter estuprado a vítima. Segundo a perícia da Polícia Civil, a causa da morte de Anielle Teixeira foi estrangulamento.

De acordo com a perita, a adolescente sofreu uma fratura em duas vértebras cervicais. Além disso, os peritos detectaram lama nas vias aéreas, o que leva a entender que a adolescente aspirou o barro enquanto ainda estava viva.

O corpo de Anielle foi encontrado no dia 8 de setembro em uma área de mato perto das margens do Rio Jaguaribe, no bairro de Miramar, em João Pessoa. Ela havia desaparecido três dias antes de um quiosque na orla marítima da capital, onde dormia com a mãe.

Do ClickPB
Publicada por F@F em 28.09.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.