Header Ads

João Azevêdo volta admitir conversas com Romero Rodrigues

Governador revela construção para ter o apoio do PSD na aliança majoritária

Governador João Azevêdo e Romero Rodrigues (Reprodução)
João Pessoa (PB) - Um dia após a coletiva que oficializou o nome do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) como candidato ao Governo da Paraíba pela oposição, o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), voltou a confirmar, nesta terça-feira (21), a existência de conversas com o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) e ainda a intenção de atrair o PSD para base aliada.

Segundo João, a conversa pessoalmente ainda não aconteceu, mas as conversas por telefone não cessaram. Ele disse ainda que a especulação sobre um encontro presencial parte mais da própria imprensa, do que de uma agenda previamente marcada.

“É uma ansiedade da imprensa, mas eu tenho falado com o ex-prefeito por telefone, a gente tem conversado e tem tratado logicamente das pautas e não só de saúde, mas também de política, mas nós temos conversado sim, sem problema nenhum. Essa coisa de ser presencial hoje não importa. Os telefones têm uma qualidade de som tão boa que não faz diferença não”.

Questionado se Romero iria aderir ao Governo, já que ele não compareceu ao lançamento da pré-candidatura de Pedro Cunha Lima (PSDB), o governador foi direto: “Aí vocês têm que perguntar a ele. Nós estamos construindo, evidentemente, para que o PSD possa estar junto conosco nessa aliança na majoritária”, pontuou.

João não adiantou a possibilidade de se filiar ao PSD, mas revelou que entre MDB, PSB e PSD já recebeu convite para se filiar a dois desses três partidos. “Eu já disse que desses três, de dois eu já recebi convite, mas eu não vou aqui adiantar”, pontuou.

Do PB Agora
Publicada por F@F em 21.12.2021

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.